EXPLANAÇÃO APROFUNDADA SOBRE PORRA NENHUMA

(inspirado num texto de Felippe Fox) por Bob Neblina.



Ora, muito me interessa a influência que porra nenhuma exerce sobre o cotidiano de todos nós. O que fez com que me identificasse de cara com esse blog foi perceber que sua essência consiste em falar sobre coisas que cada um julga relevante mas que na verdade não diz porra nenhuma, o que é necessário por demais apesar de pessoas com a mente limitada julgarem P. N. algo dispensável ou fútil.
Acredito que só as pessoas com a mente a frente de seu tempo são capazes de entender a verdadeira importância que porra nenhuma tem sobre nossa sociedade. Pessoas como Platão, Galileu ou Einstein não poderiam ter sido quem foram se assim como Felippe Fox, não dominassem a arte de fazer nada (ou porra nenhuma). Porra nenhuma é a gênese, a plenitude, o âmago da criação. Porra nenhuma precede tudo e todos. É a origem, é de onde vêm todas as respostas.
Sempre quando nos deparamos com perguntas como “De onde viemos?” ou “para onde vamos?”, porra nenhuma é o tópico principal de qualquer teoria acerca dessas questões. Os evolucionistas acreditam que viemos de uma grande explosão que deu origem ao Universo, que até então era porra nenhuma; nada, enquanto criacionistas pensam que Deus (que surgiu do nada, de porra nenhuma) criou o mundo em sete dias e bla bla bla.
Pois bem, eu sou um cara crédulo e acredito que Deus realmente criou tudo e todos e que nós homens herdamos esse dom criativo tornando-nos sua imagem e semelhança. É burrice pra mim, pensar que Deus é um cara barbudo vestido de branco que fica assistindo as merdas que fazemos aqui enquanto joga baralho e fuma um Narguilê com São Pedro. Portanto a ´criatividade´ e o ´poder criativo´ na minha teoria é o que nos torna filhos de Deus; o que nos faz ser sua imagem e semelhança. Mas isso levando em consideração que um dia no tempo de Deus seria equivalente a 1 trilhão de anos, o que permitiria que a evolução se entrelaçasse com a criação, originando assim um Criacionismo Evolutivo, que sempre segue uma lógica de acasos (acredite, isso faz sentido!).
Acaso? Acaso porra nenhuma!! Pura falta do que fazer, ociosidade mórbida....BOOM! Surge algo novo, um pensamento criativo, um cruzamento de genes que formam novos genes, novas vidas, novas idéias, novas perguntas e novas respostas, todas elas provenientes de porra nenhuma! Quando paramos para fazer Porra nenhuma, aprendemos a entender melhor a vida e sua essência, enquanto quem não o faz, vive no limbo entre a ignorância e o sistema, vaga e passa pela vida no anonimato e na mediocridade.
Para haver criação, antes tem que haver porra nenhuma. Porra nenhuma é o princípio e o fim, é o tudo e o nada, é o que me impulsiona mergulhado ao ócio, fumar um baseado, ter “lapsos” criativos e me achar inteligente em meio a porra nenhuma. O que me faz escrever para esse blog que não diz porra nenhuma, mas permite entender como algumas mentes doentias funcionam. Dedique-se mais a porra nenhuma e mergulhe profundamente neste universo de descobertas e autoconhecimento.

Bob Neblina tem dislexia, é usuário crônico de cannabis e acredita que existe uma linha tênue entre a ignorância e a genialidade (o que quer dizer absolutamente porra nenhuma).

2 comentários:

Romã disse...

CHOQUE DE DESORDEM - a festa que vai tirar você da linha:

Dia 16/04, quinta-feira.
A partir das 22h.
Bloco O, no campus do Gragoatá.
Bandas: Levante e Bloco Cru.
Djeizes: somos nozes. o/

Porque nem todo carnaval tem seu fim. E tenho dito. ;)

Fernanda disse...

Meu blog tem esse nivel de pretensão: PN. Gostei do texto.

FOX, apareça!
bjs